Mensagens

Mensagem em texto

Abraão oferece Isaque em sacrifício a Deus. Você já ofereceu o seu Isaque a Deus?

Tema: Sacrifício Subtema: Abraão
Herbeth Morais
Igreja Batista em Vila Permanente 5258 visitas 4 mensagens 37 votos

Algum tempo depois Deus pôs Abraão à prova. Deus o chamou pelo nome, e ele respondeu: “Estou aqui”. Então Deus disse: “Pegue agora Isaque, o seu filho, o seu único filho, a quem você tanto ama, e vá até a terra de Moirá. Ali na montanha que eu lhe mostrar, queime o seu filho como sacrifício. (Gn. 22.1-2 – NTLH)

Um coisa é certa, dificil é fazer a vontade de Deus, fazer a vontade da carne é muito mais fácil, só tem o problema, a carne te leva para o fogo eterno, mas Deus, por meio de Jesus Cristo pode te dar a vida eterna. Nesta analogia é que podemos começar a pensar sobre a passagem acima e nos colocarmos no lugar de Abraão e pensarmos: – Se Deus me pedisse o meu Isaque hoje, eu lhe daria? Essa é uma pergunta bem difícil de responder, mas devemos pensar sobre isso.

Trazendo para nossa realidade, os nossos Isaques que temos hoje não necessariamente precisam ser nossos filhos. As pessoas são fáceis de serem apegadas às coisas materiais, supérfluos que nos “colam” neste mundo e o pior é que muitas vezes não estamos dispostos a entregar nossos Isaques nas mãos de Deus.

Um exemplo disso é o de que toda vez que uma pessoa deixa de aceitar a Jesus ela está negando seu Isaque a Deus e isto deixa Deus triste e a pessoa com um pé no mundo dos mortos, isso é fato.

Abraão pegou a lenha para o sacrifício e pôs nos ombros de Isaque. Pegou uma faca e fogo, e os dois foram andando juntos. Daí a pouco o menino disse: “Pai!” Abraão respondeu: “Que foi, meu filho?” Isaque perguntou: “Nós temos a lenha e o fogo, mas onde está o carneirinho para o sacrifício?” Abraão respondeu: “Deus dará o que for preciso; ele vai arranjar um carneirinho para o sacrifício, meu filho.” E continuaram a caminhar juntos. (Gn. 22.6-8 – NTLH)

Podemos observar na passagem acima, que Abraão teve a chance de olhar para trás e se arrepender do compromisso que tinha firmado com Deus, mas ele permaneceu firme em seu objetivo. Assim podemos observar que muitas pessoas chegam neste ponto da vida, mesmo antes de aceitar a Jesus olham o que vão “perder”, festas, bebidas, drogas, prostituição… a lista é grande, mas todos, antes de aceitar a Jesus olham para esta lista e pensam antes de topar o compromisso da salvação eterna. Se você que está lendo este post e está na dúvida se deve aceitar a Jesus, não perca tempo olhando para trás, olhe para frente, porque na sua frente está a salvação, a vida eterna, Jesus é o único caminho que nos levará a Deus nosso Pai.

Mesmo quando já aceitamos a Jesus é normal que lembranças do passado voltem para nos atormentar e nos tentar a voltar para o velho homem, mas uma coisa é certa, Jesus veio para nos dar vida eterna, para nos tornar filhos de Deus, para nos ligar com os céus e quando a fraqueza tentar abater, lembrem-se:

Levem sempre a fé como escudo, para poderem se proteger de todos os dardos de fogo do Maligno. Recebam a salvação como capacete e a palavra de Deus como a espada que o Espírito Santo lhes dá. (Ef. 6.16-17 – NTLH)

Procure dar o melhor de si para Deus e o melhor de si para Deus é a sua alma, pois ela é muito importante e Jesus veio a este mundo, morreu e ressuscitou por você, por todos nós. Deus não permitiu que Abraão sacrificasse o próprio filho, isso foi só um teste para testificar a fé de Abraão. E foi por causa desta fé de Abraão que Deus o abençoou ricamente nesta terra.

Por isso não deixe de entregar o seu Isaque a Deus, aceite a Jesus e quem já é de Jesus permaneça firma, porque grande será o galardão.

Toda honra e toda Glória sejam dadas ao Senhor: Pai, Filho e Espírito Santo.

Compartilhar

Avaliação: 3.9/10 (37 votos)

Desenvolvido por