Mensagens

Mensagem em texto

A QUEM SERVE O DIÁCONO?

Tema: Ordenação Ministerial
Jeferson Attene
Onde estiverem dois ou tres reunidos em nome de Jesus o Cristo.Somente Cristo conhece os que são seus. 1029 visitas 67 mensagens 39 votos

No livro dos Atos dos Apóstolos, precisamente no capítulo seis a partir do versículo um lemos:

 

Ora, naqueles dias, multiplicando-se o número dos discípulos, houve murmuração dos helenistas contra os hebreus, porque as viúvas deles estavam sendo esquecidas na distribuição diária.

Então, os doze convocaram a comunidade dos discípulos e disseram:

Não é razoável que nós abandonemos a palavra de Deus para servir às mesas.

Mas, irmãos, escolhei dentre vós sete homens de boa reputação, cheios do Espírito e de sabedoria, aos quais encarregaremos deste serviço; e, quanto a nós, nos consagraremos à oração e ao ministério da palavra.

 

 

Um diácono.

Atualmente e na prática, será que as pessoas estão olhando para os diáconos, com a mesma nobreza com que no passado eram vistos?

 

Sim porque, nem sempre é assim.

Algumas pessoas olham para os diáconos como sendo porteiros do templo, onde quase sempre estão com boletins na mão a lhe desejar um bom culto.

Ou talvez, como olheiro dos automóveis, sabe já que você vai ficar ai fora, enquanto estou no culto, dá uma olhadinha no meu carro.

 

Ou quem sabe os que guardam defuntos nos funerais que ocorrem no templo, e até fazem um cafézinho.

 

Ou ainda os que abrem e fecham a porta do templo, afinal devem sempre ser os primeiros a chegar e os ultimos a sair.

 

E quando no templo, num culto especial, e já não tendo cadeiras suficientes:
-Olha chama aquele diácono, para que providencie mais uma cadeira para aquele visitante!!!

 

Mas cá para nos, não foi pensando nestas possibilidades que um dia alguém pensou na existência de diáconos.

Diakonia é uma palavra derivada do Grego, e com diferentes sentidos, desde ajuda material  a  servir as mesas.

 

Mas a quem este nobre servil há de servir?

 

O texto bíblico que nos lemos fala de necessitados, viúvas e órfãos, são citados por Tiago em sua carta.

Pessoas necessitadas são as pessoas a quem os diáconos devem servir.

Confundimos o serviço com o servir as mesas.

O diácono não é um garçom.

Não é um porteiro, ou guardador de carros.

Não é um pegador de cadeiras, ou arrumador de bancos.

Não é um distribuidor autorizado de boletins dominicais.

Não é o que leva o copo de água para o pastor ou palestrante presente.

Nem o que leva o nome do visitante num papelzinho para ser lido na liturgia do culto.

Nem o que retira a paninho de cima dos cálices antes dos presbíteros servirem a ceia.

Diácono não serve irmãos, serve necessitado.

Não confunda serviço com Diakonia.

Servir ao próximo é dever de todos.

Servir ao necessitado é tarefa do diácono.

Quando as pessoas chegarem a este entendimento, mais pessoas se ocuparão dos serviços do templo, e mais tempo terão os diáconos para dispensar atenção aos necessitados.

Pense nisso.

 

 

 

Compartilhar

Avaliação: 7.4/10 (39 votos)

Desenvolvido por